Blog - BBMNET LICITAÇÕES
Atendimento
De Segunda a Sexta das 08:00 às 18:00 (horário de Brasília)
Exceto Feriados Nacionais
(11) 3113-1900
(11) 99837-6032

Destaque

AGO. 22, 2018

Diretor da Bolsa apresenta workshop sobre pregão eletrônico em Curitiba

Durante o segundo dia de programação do 2º Congresso Pacto pelo Brasil, o diretor da Bolsa Brasileira de Mercadorias, Cesar Henrique Bernardes da Costa, apresentou um workshop sobre pregão eletrônico. O sistema BBMNET Licitações, desenvolvido pela Bolsa Brasileira de Mercadorias, é a primeira plataforma de pregão eletrônico do país, reconhecido pela sua transparência, qualidade de suporte e praticidade.

 

O sistema de pregão eletrônico nasceu no Brasil com o intuito de dar agilidade aos processos de licitação. A competitividade também acaba sendo maior nesta categoria, o que garante mais economia ao poder público. O edital segue a mesma disciplina da lei 10.520/2002, empregada nos pregões presenciais. “O nosso sistema é aberto para que os órgãos façam a adesão da plataforma e para que os licitantes operem diretamente. O BBMNET Licitações está totalmente embasado naquilo que a legislação já prevê”, explicou o diretor da Bolsa durante a apresentação.

 

A Bolsa Brasileira de Mercadorias também conta com um estande dentro do Centro de Eventos do Sistema FIEP para atender ao público do congresso. O Congresso Pacto pelo Brasil é promovido pela ONG Observatório Social e nasceu dos desdobramentos dos Encontros Nacionais dos Observatórios Sociais do Brasil (ENOS), realizados desde 2012.

 

 

Pacote Contra a Corrupção

 

Também durante o segundo dia de programação, a ONG Transparência Internacional e a Fundação Getúlio Vargas lançaram um pacote contra a corrupção, incluindo 70 novas medidas. O pacote foi criado por 200 especialistas em parceria com a sociedade, que colaborou através da internet. As novas medidas trazem ainda propostas de mudanças nas leis que punem a corrupção, uma delas, é a ampliação no tempo para prescrição de crimes ligados à administração pública e restrição ao foro privilegiado.

 

Em seu Facebook, o procurador da República, Deltan Dallagnol, um dos participantes do evento, destacou que: “Em 2018, a principal arma do brasileiro contra a corrupção é o voto, porque são os deputados federais e senadores que a gente vai colocar no Congresso Nacional que podem, ou não, aprovar uma grande reforma anticorrupção que controle esse grande problema brasileiro”.

 

O evento segue até amanhã em Curitiba (PR).

Últimos Posts